iPhone? iPad? iPod? iCaramba, que é isso?

Para começar qualquer conversa ou material de referência sobre determinado item nunca é má idéia ter certeza que o leitor saiba do que se trata. Por esta razão, se definir o que é exatamente um iPad, iPhone, iPod Touch se torna um ponto de partida interessante.

Então vamos lá. Neste artigo não abordarei as especificações técnicas do iPhone, iPad, iPod Touch, e sim as características que os tornam aparelhos tão únicos:

iPhone

Para muitos o iPhone é classificado como “smartphone“. Para este que escreve na verdade é outra coisa: é um computador de mão que faz chamadas telefônicas. A razão é que não há como encobrir o fato que em condições tupiniquins de operação, qualquer Motorola Razr de 6 anos de idade tem recepção de sinal celular melhor que a do iPhone. Quem tem oportunidade de usar os dois juntos pode atestar.

Da mesma forma não se pode negar que o iPhone impactou o mercado e os fabricantes de celular de tal forma que a própria forma de se usar o aparelho no dia-a-dia se alterou. A tela capacitiva multi-toque da Apple reformulou a interface dos aparelhos de mão. Agora não é mais uma questão de se lutar com um minúsculo trackball ou joystick dos tempos do Atari para navegar nas intrincadas e labirínticas árvores de menu dos celulares. Agora basta tocar o ícone.

E não foi somente isso. O iPhone foi o primeiro aparelho que integrou a internet — a vida “nas nuvens” — ao aparelho de mão.
É o aparelho que facilitou o acesso à informação instantaneamente, democratizou o papo-furado e tornou-o mais que um apêndice de nossas vidas pessoais. É um sexto sentido — sério mesmo — que ocupa lugar junto ao tato, olfato, paladar, audição e visão. É a telepatia — quase mediúnica — de se olhar presente, futuro e passado que nos permite falar com quem está longe, prever qual o clima da tarde e olhar as fotos do domingo passado.

Não é mais um celular que — olha só, navega na internet também. É um dispositivo que tem em suas entranhas a interatividade e a interconectividade. Diferente de um smartphone de outrora, o iPhone permite levar sua vida com você.

Hoje não basta que os aparelhos tirem foto ou reproduzam música. É necessário que ele se torne um microportal para a vida on-line. Hoje navegamos na internet, consultamos o saldo do banco, lemos nossos e-mails, recebemos SMS, tiramos fotografias e as compartilhamos, blogamos… Tudo da comodidade de nossos celulares. O iPhone agregou ao aparelho de mão popular as funções que antes eram reservadas a aparelhos de uso corporativo, com interfaces pouco amigáveis e uso complicado. Ele ofereceu ao público geral a capacidade de:

  • Navegar na internet e abre as páginas exatamente como um computador o faz (limitado por páginas em Flash);
  • Fazer e receber chamadas telefônicas;
  • Enviar e receber Mensagens Instantâneas SMS, MMS;
  • Enviar e receber e-mails;
  • Sincronizar e compartilhar informações (agendas, contatos, anotações);
  • Usar um GPS integrado (assistido em alguns modelos);
  • Tirar fotos;
  • Filmar (em alguns modelos);
  • Ouvir músicas, audiobooks, podcasts; assistir videocasts e vídeos;
  • Comprar e/ou instalar aplicativos que acrescentam mais recursos e aplicações ao aparelho (provindo de origem única, a AppStore);

Essas características existem em outros smartphones? Com certeza. Mas lembrem-se, estamos falando de 2007, quando o iPhone foi lançado. Se há smartphones melhores hoje, é porque o iPhone abriu o caminho.

iPod Touch

Em 2001 a Apple revolucionou o mercado dos reprodutores portáteis de áudio com o lançamento do iPod. Um reprodutor de áudio pequeno, caro, com interface esquisita e incompatível com o Windows. Vendeu como Churrasco Grego com Qsuco grátis.

A partir de então começa a corrida do MP3player — ou o reprodutor de música digital. Com a queda de preços dos Discos Rígidos e memórias flash, os dispositivos se difundiram e antigos hábitos se alteraram.

O iPod Touch é basicamente um MP3 player com vídeo e algo mais. Tendo um antepassado em comum com o iPhone, é similar em sua interface e operação. Basicamente é um iPhone sem o Phone. Ele não tem celular, GPS e em alguns modelos iniciais – câmera fotográfica.

O aparelho é menor, e tem basicamente as mesmas funçoes do iPhone – compartilhando inclusive o mesmo Sistema Operacional. Em termos de conectividade conta somente com o wifi e o Bluetooth. O acesso à AppStore confere ao iPod Touch a mesma possibilidade de se expandir seus recursos com a instalação de Aplicativos extras — inclusive jogos (disponíveis em AppStores específicas). Para pais que procuram uma alternativa mais barata ao iPhone que seus filhos querem, o iPod Touch se encaixa perfeitamente – desde que presenteado junto com um Motorola MotoCube por exemplo. Afinal adolescente fica sem uma perna, mas não sem celular.

iPad

Como o CEO da Apple, Steve Jobs,  mesmo disse: o iPad é um iPhone tomando esteróides. É um computador de mão, estilo tablet, medindo cerca de 19,0 x 24,0  centímetros com as mesmas características do iPhone – com exceção do celular e da câmera fotográfica. Porta a mesma tela multitoque com a mesma sensibilidade e qualidade visual.

A recepção inicial do iPad não foi o sucesso absoluto esperado — mas com o tempo o aparelho caiu no gosto popular pelas exatas mesmas razões que o iPhone o fez: interface simples. Minha filha de 3 anos e minha mãe de 63 o usam sem sentir qualquer intimidação. O iPad permite — por seu tamanho avantajado — ao usuário executar tarefas com maior conforto e rapidez. Em geral tarefas que são grandes demais para a diminuta tela do iPhone e pequenas demais para exigir que você tire os 2,5kg de notebook da mochila e o ligue.

O iPad tem como itens de conectividade o wifi, bluetooth e conexão de dados celular 3G (sem chamadas de voz). Da mesma forma que o iPhone, tem acesso ao vasto acervo de aplicativos da AppStore — expandindo assim os recursos do aparelho.

Em linhas gerais estas são as características dos aparelhos sujeitos deste blog.

Comments
30 Responses to “iPhone? iPad? iPod? iCaramba, que é isso?”
  1. Ivancruzrj disse:

    Parabéns!!! Ótimas explicações!!!!!

  2. Evandro Luiz disse:

    Cara a cor que você usou para a fonte do texto está muito “cansativa” para leituras de textos grandes como esse…..

  3. Kaolan disse:

    Sensacional!!! Ótimas explicações!!!

  4. Shirley Soares disse:

    Nossa, mt legal, n sei pq tantos nomes assim, n era mais facil falar, cel com net…ou seila o q ??
    mais msm gostaria d saber o q é o meu..se ele é cel normal.. ou é esses mais especiais aii..Hahshshaas
    o meu é um sansung, q é de toque na tela, tem internet, tira foto, tem essas funções de musica…
    e tbm ele qndo empurrra fica aqle teclado
    modelo SANSUNG GTB3410 ..
    me ajudem por favor
    beijos

  5. claudio disse:

    GOSTEI ME DEU UMA BASE LEGAL ABRAÇO

  6. Luiz disse:

    Gostei muito. Era mais ou menos o que eu imaginava, mas agora ficou tudo claro.
    Penso que talvez seja melhor ter o iPhone do que o iTouch, apesar de ser um pouco maior, pois afinal o iTouch vai demandar carregar um celular junto.

  7. Genial, adorei foi muito útil e agora eu sei a diferença entre estes 3 , é ruim pagar caro em uma coisa que nem se sabe o que faz.

  8. Doralice disse:

    Olá! sou professora, e gostaria de saber qual desses aparelhos seriam melhor para eu uitlizar no meu dia a dia tanto em sala de aula como também um computador de mão, para mostrar histórias, imagens, fotos, vídeos, utilizar como ferramenta de pesquisa, guardar arquivos, som,web, armazenar o maximo de coisas e com variedades de funções??? rsrs não precisa lavar passar .. :D

    • ddbddbddb disse:

      Prezada Professora

      Creio que o iPad lhe ofereceria a melhor gama de recursos — porém há algumas ressalvas no tocante a seu uso no dia a dia que valem uma discussão mais aprofundada.

      Se você desejar, pode me contatar por email e.akira@uol.com.br
      Tenho educadores em minha família, portanto gozo de certa experiência para lhe dar uma opinião.
      Um abraço
      Eduardo

  9. Hugo disse:

    Eu gostei iPods e iPhones , são os melhores

  10. Hugo disse:

    Vou comprar e qual deles é melhor hen , é dificil não é verdade

  11. Judite disse:

    Agora, Satisfeita. Parabéns, texto eluciativo.

  12. Vanda disse:

    Olá!
    Sanou minhas dúvidas, e ainda achei maravilhosa a explanação mediúnica dos aparelhos, muito criativo.
    saudações

  13. eric disse:

    Parabéns! Muito boas as explicações!

  14. Olenka de Moura disse:

    Eu também andava me sentindo um peixe fora da água mas agora, estou “in”
    Parabéns pela sua sensibilidade em entender exatamente a dificuldade dos leigos e ser tão claro. É a qualidade do verdadeiro comunicador. Vc também tem a
    o dom de seus familiares educadores.
    Obrigada e parabéns!

  15. janete disse:

    E certamente o ” i ” na frente de todos eles refere-se à internet, ok?

    • ddbddbddb disse:

      Sim e não. Inicialmente agregado ao Mac (iMac), tinha realmente o sentido de internet – afinal a máquina havia sido desenvolvida para uso na internet. Porém, os sentidos agregados de “I” (“eu”, em inglês), foram aos poucos se igualando o de internet. Hoje, o “i” pode ser ligado ao sentido de “i”ndividualidade, “i”maginação e tantas outras palavras iniciadas com esta letra.
      Fonte: http://www.cultofmac.com/20172/20172/

  16. Guttemberg disse:

    Grande contribuição. Teu blog é de grande valia. Parabéns Eduardo!
    Saúde e sorte! Um abç.
    Guttemberg Ferreira.

  17. silvana candido disse:

    adorei…agora já tenho uma base sobre cada aparelho e o que cada um tem…sua maneira de escrever permite um bom entendimento…valeu!!!

  18. Tamires disse:

    Adorei as explicaçoes suficientemente claras! Agora nao tenho mais duvidas qual a diferença entre os 3 valeu!! (:

  19. Gislaine disse:

    Muito legal a explicação, com ela consegui confirmar que minha escolha pelo iPad, foi realmente muito acertada. Obrigado!

  20. Paula de Oliveira disse:

    Parabens pela explicação

  21. jorge pereira disse:

    Excelente pelo conteúdo exposto. Obrigado

  22. sonia disse:

    Adorei !!tirei todas as minhas duvidas.
    parabens pelo blog

    sonia

  23. Utabajara Rodrigues Pinto disse:

    Cara, a sua explicação foi brilhante. Você conseguiu explicar de forma fácil um assunto tão complicado, acho que é pela metodologia usada, ou seja, didática utilizada.

    Meus parabéns!
    Utabajara Rodriogues Pinto

  24. Adriana disse:

    boa, eu estava perdida em meio a tanta modernização, sem saber o quê é o quê. Já posso me orientar melhor.

  25. Emy Ceiça disse:

    Agora tive uma noção sobre a função e outras particularidades destes dispositivos.Precisava fazer um comentário num blog sobre o assunto e estava confusa. Valeu! Obrigada.

Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. [...] InícioGlossárioiPhone? iPad? iPod? iCaramba, que é isso?Sobre nós [...]



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: